segunda-feira, 29 de julho de 2013

JJ - Parkour x lesões x recuperação x evolução

Este poderia ser um simples texto só para contar uma história sobre uma lesão, o tempo que fiquei parado e blá blá blá ... Porém vou tentar fazer diferente, levantei uma reflexão comigo mesmo e gostaria de compartilhar com vocês, com cada um de vocês que treina e já se machucou, e por força de vontade continua ativo nesta grande empreitada: O Parkour!

Bem, neste ano completarei 7 anos de treinos (Setembro/2013) e o mais grave que já tinha me acontecido era abrir as 2 canelas em 2011 (Vídeo 1) e em 2012 uma canela e quebrar um muro também na ocasião (Vídeo 2).

Porém, logo no ano passado, na semana seguinte eu já estava treinando e fortalecendo novamente a parte superior do meu corpo, com a canela e seus curativos juntos, sem forçar a parte inferior.

Em cada viagem que realizei tive a oportunidade de conhecer muitas pessoas maneiras e especiais, rolaram várias conversas/debates/discussões, treinos pesados, passeios turísticos e muito mais. Esse "muito mais" as vezes infelizmente eram seguidos de lesões, quedas e sustos pelos quais passei, o último em específico, ou melhor "a saidera" (como o raxAman^ costuma chamar) foi em Paulo Afonso - BA no MELHOR PICO DO MUNDO rs...

Eu e Jarbas estávamos lá fazendo o desafio de escalada que tem nas paredes por volta do pico, quando aconteceu uma parada tensa!




Registro fotográfico: Jarbas

As fotos acima são do pico e do trajeto que realizávamos, quem quiser saber mais detalhes pode falar comigo diretamente, não colocarei aqui por motivos pessoais mesmo.

Agora: o que eu aprendi com cada arranhado, machucado, canela ou que for que já me aconteceu?

A ATENÇÃO SEMPRE! pois é, por mais que tenha desenvolvido reflexos sinistros, tenha fortalecido meu corpo, tenha ficado rápido entre otras cositas mas, uma coisa que sempre faltou foi a atenção, a concentração vem do fato de você estar inserido completamente, focado no que estou fazendo, porém a atenção aos mínimos detalhes nem sempre é prestada pelos tracers (uses) então, é o que é, atenção é tudo. Lembro de ter olhado rapidamente pra trás, porém acho que esse olhar me ajudou e me atrapalhou para a falha que cometi.

Como o texto tem um título "Parkour x lesões x recuperação x evolução" já falei rapidamente de Parkour, e agora das lesões, falta a "recuperação" e na sequência a "evolução"...

Recuperação nada mais e nada menos é igual e proporcional a "paciência", ao tempo que você dedica, e que é de suma importância, para resgatar o seu corpo, ou parte dele, então para nós que não paramos nunca de treinar, que nos dedicamos diariamente, ou em cada final de semana a forjar e fortalecer nosso corpo, é muito difícil, descansar, repousar, "ficar de molho" e esperar... aguardar... é muito ruim! triste e as vezes tão desanimador que se não cuidarmos ficamos muito pra baixo.

O tempo que dedicamos a nossa recuperação fará com que nossa volta seja mais forte, mais intensa e mais segura! dentro do possível claro... rs

A Evolução, ela é inerente a recuperação, a nossa vontade de superação individual e própria, pois bem a evolução do tracer, ou melhor a minha evolução se deve a mim mesmo, ao meu desejo de seguir em frente, de arriscar, de crescer de tentar sempre progredir e mostrar pra mim mesmo que sou capaz, que o medo que as vezes me trava é o mesmo que me liberta para chegar mais longe, claro que neste percurso e ao longo dos anos, pessoas me inspiraram e me ajudaram no decorrer, porém lá no fundo dos meus pensamentos e lá no interior do meu subconsciente a minha vontade, garra e dedicação são meus pilares para continuar avançando. Sei lá... Acho que é isso.

Att JJ.

Um comentário: